PTBR/Prabhupada 0859 - Este é o defeito da civilização ocidental. Vox Populi, pedir opinião do público

From Vanipedia
Jump to: navigation, search

Este é o defeito da civilização ocidental. Vox Populi, pedir opinião do público
- Prabhupāda 0859


Room Conversation with Director of Research of the Dept. of Social Welfare

Diretor: Mas as pessoas vão dizer que é ainda uma porcentagem muito pequena da população.

Prabhupāda: Não. Não há dúvida sobre a alta percentagem. Eu disse que mesmo em uma pequena percentagem, deve haver alguns homens ideais. Pelo menos as pessoas vão ver que "Aqui está o homem ideal." Assim como nós estamos tendo. Porque eles estão cantando e dançando, muitas pessoas de fora estão chegando, e eles também estão aprendendo, eles também estão oferecendo reverências. E, gradualmente, eles estão oferecendo o seu serviço: "Por favor, aceite-me." O exemplo é melhor do que o preceito. Se você tem um grupo ideal de homens, então as pessoas vão aprender automaticamente. Isto é procurado. Mas não me importo... Eu não acho, eu quero dizer, o grupo ideal de homens. Mesmo entre os sacerdotes, eles estão indo para o hospital por seu hábito de beber. Eu vi em algumas vezes antes em um hospital, cinco mil pacientes, doentes alcoólicos, padre. Aqueles padres deveriam ser o caráter ideal. E eles estão defendendo homossexualismo. Então, onde estão os homens de caráter ideal? Se a classe sacerdotal, eles estão indo para o hospital pelo hábito de beber, e eles estão permitindo o casamento homem-a-homem e o homossexualismo, então onde está o caráter ideal?

Diretor: Mas o homossexualismo é uma doença em nosso...

Prabhupāda: Eh?

Diretor: homossexualismo é uma doença. Por que você deveria...?

Devoto: Ele disse que é uma doença.

Diretor: É uma doença. É como uma pessoa que não pode ver, você iria puni-lo por não ver. Você não pode punir uma pessoa por ser homossexual. Isto que a nossa sociedade diz.

Prabhupāda: Bem, de qualquer maneira, a classe sacerdotal, sancionando o homossexualismo.

Diretor: Perdão?

Prabhupāda: Sancionando. Eles estão permitindo o homossexualismo.

Diretor: Sim, bem, dizemos...

Prabhupāda: E havia um relatório em que homem e homem foram casados pelo padre. Em Nova York, há um jornal, Sentinela. Esse é um jornal cristão. Eu vi nesse jornal. Eles estão condenando, aquele sacerdote está permitindo o casamento homem-a-homem. E eles estão passando resolução, homossexualismo é passado: "Tudo bem." E em Perth, você disse que os alunos estão discutindo sobre homossexualismo, em favor do homossexualismo. Então, onde está o caráter ideal? Se você quiser algum negócio tangível, treine algumas pessoas para se tornar caráter ideal. Este é o movimento para a consciência de Krishna.

Diretor: O que você diz... As pessoas dizem que o ideal para você não é o ideal para um outro alguém.

Prabhupāda: Eu estou dando o exemplo de caráter ideal.

Diretor: Sim, mas isso é uma opinião.

Prabhupāda: Não. Ele não vai depender de opinião. Opinião, qual é o valor de opinião se as pessoas são todas burras? Não há opinião. Deve-se tomar, como é ordenado no śāstra. Sem opinião. Qual é a utilidade de ter opinião de um jumento? Assim, as pessoas são treinadas como cães e burros, então qual é a utilidade de sua opinião? Se você está a aplicar, você deve fazer assim. Assim como quando nós introduzimos este "Nada de sexo ilícito". Nunca me importei com a sua opinião. A opinião... Imediatamente haverá discussão. E qual é a utilidade de tomar a sua opinião? Isso deve ser feito. Esse é o defeito da civilização ocidental. Vox populi, pedir a opinião do público. Mas qual é o valor deste público? Bêbados, fumantes, comedores de carne, caçadores de mulher. O que é o... Eles não são homens de primeira classe. Então, qual é a utilidade da opinião de tais homens de terceira, quarta classe? Nós não defendemos tais opinião. O que Krishna disse que é padrão, isso é tudo. Krishna é o Supremo, e Sua versão é final. Nenhuma opinião, não há democracia. Quando você vai a um médico, doutor, para o tratamento, o médico não coloca sua receita para a opinião dos outros pacientes: "Agora estou prescrevendo este medicamento para este cavalheiro. Agora me dê a sua opinião." Será que ele faria isso? Todos os pacientes, o que eles vão dar, opinião? O médico é a pessoa perfeita. Qualquer coisa que ele tenha escrito de prescrição, isso é tudo. Mas aqui no ocidente..., tudo, a opinião.