PTBR/Prabhupada 0860 - Foi política do governo britânico condenar tudo que fosse indiano

From Vanipedia
Jump to: navigation, search



Foi política do governo britânico condenar tudo que fosse indiano
- Prabhupāda 0860


750521 - Conversation - Melbourne

Diretor: Você não acha que os camponeses têm qualquer vontade própria?

Prabhupāda: Eles têm mente, mas é uma mente obsoleta. Assim como um louco, ele tem sua mente, mas qual é o valor daquela mente? Você não vai pedir a opinião de um louco. Ele tem a sua mente, mas ele é um louco. Mūḍha. Māyayāpahṛta-jñāna (BG 7.15). Seu conhecimento foi levado embora. A mente estando, qual é chamada, na condição desordenada, não há nenhum valor em sua opinião.

Diretor: E se o brāhmaṇa começa a governar o mundo pelo seu próprio interesse?

Prabhupāda: Hmm?

Devoto: Ele diz que se os brāhmaṇas começam a governar o mundo por seu interesse pessoal?

Prabhupāda: Não, não.

Diretor: Mas os capitalistas ou outra pessoa pode...

Prabhupāda: Não, não. Isso não é interesse pessoal. Não é pessoal, é o caráter, assim como sama. O que é isso, pacífico.

Diretor: Eles podem formar uma classe própria e pegar seu próprio interesse e tentar dominar o mundo, de acordo...

Prabhupāda: Não, não. Porque eles são honestos, esta é a palavra do (indistinto)... Eles não vão fazer isso.

Diretor: Eles devem viver de acordo com o livro.

Prabhupāda: Sim. Meios honestos, ele não está para o seu próprio interesse, para o interesse de todos. Isso é honestidade.

Diretor: Agora, e se ele está equivocado?

Prabhupāda: Huh?

Diretor: O mundo muda, e desde que o livro foi...

Prabhupāda: Simplesmente porque eles não seguiram. Assim como na Índia, este é o caráter dos brāhmaṇas. Depois, mais tarde, gradualmente, a cultura foi perdida desde os últimos mil anos, porque a Índia foi subjugada por estrangeiros. Os maometanos, eles introduziram um pouco de sua cultura. Em seguida, vieram os ingleses. Eles intr... Todo mundo tem um interesse. Os ingleses, quando o governo britânico veio, seu relator confidencial, o Senhor Macaulay foi que "Se você quiser mantê-los como Hindus indianos, você nunca será capaz de governar". Então, foi a política do governo britânico que condenou tudo que fosse indiano.

Diretor: Mas você disse antes que eles não permitiam beber, os britânicos.

Prabhupāda: Huh?

Diretor: É só agora que... Você não disse antes?

Prabhupāda: Sim, os britânicos permitiam. Britânico, com muito cuidado, porque eles diretamente não, eu quero dizer, colocaram as mãos sobre a cultura deles. Mas, às ocultas. E como eles agora já estão treinados, agora eles estão fazendo abertamente. Mas o treinamento foi dado pelos ingleses. Na sociedade de cavalheiros deve haver bebida. Esta foi a introdução.

Diretor: Mas na sociedade indiana, eles proíbem-na aos indianos.

Prabhupāda: A sociedade indiana, eles não sabem nem como beber chá. Em nossa infância, vimos que ingleses começaram as plantações de chá. Não havia plantas de chá antes dos ingleses. Os britânicos viram que a mão de obra é muito barata, e eles querem fazer negócios, eles começaram. Assim como eles estão fazendo na África, muitas plantações, café e chá. Então eles começaram, e o chá foi transferido para ser vendido na América. Eles estavam atrás de negócios. Assim, o... Agora, com tanto chá, quem vai consumir? O governo começou um comitê de grupos de chá. Todos os titulares de plantações de chá, eles pagariam ao governo. E estrada em estrada, rua em rua, seu negócio estava angariando, preparando o chá, muito bom chá, palatável, e eles estavam anunciando que se você beber chá, então você não vai sentir muita fome, e sua malária vai embora, e assim por diante, assim por diante. E as pessoas começaram a beber chá. "Boa xícara." Eu vi isso. Agora eles têm um paladar. Agora, gradualmente, agora um varredor também, no início da manhã, está esperando na loja de chá para comprar uma xícara de chá. O chá era tomado em nossa infância se alguém estava tossindo, às vezes eles usavam o chá. Isso também foi mais tarde. Mas era desconhecido. Beber chá, beber vinho, fumar, consumo de carne - essas coisas eram desconhecidas. Prostituição. Havia prostituição. Não que todas eram prostitutas. Muito rigoroso. Então, deve-se ter cuidado com essas coisas - pelo menos uma classe de homens deve ser ideal para as pessoas, que os outros vão ver. E o treinamento deve continuar, assim como estamos fazendo. Estamos convidando as pessoas para vir, cantar com a gente, dançar com a gente, tomar prasādam. E, gradualmente, eles estão se transformando. A mesma ação, viciado em beber, viciado em prostituição, viciados em comer carne, ele está se tornando uma pessoa santa. Isto é prático. Você pode ver, qual foi sua história anterior e como eles estão agora.

Diretor: Mas como podemos reconciliar o fato de que nossos médicos nos dizem que devemos comer carne por causa da proteína?

Prabhupāda: Isso é uma tolice. Eles não estão comendo carne pelos últimos dez anos. Você acha que eles estão com sua saúde reduzida? Em vez disso, as pessoas dizem "rostos brilhantes." Em Boston... Um padre, eu estava indo de Los Angeles para o Havaí. Um cavalheiro em vestido simples, ele é um padre, ele disse, "Swāmījī, como seus alunos parecem tão brilhantes?" E às vezes nós somos anunciados como "rostos brilhantes." Em Boston ou em qualquer parte as senhoras estavam perguntando: "Você é americano?"