PTBR/Prabhupada 0865 - Você está levando em consideração o país, mas o Sastra leva em consideração os planetas, não o país

From Vanipedia
Jump to: navigation, search

Você está levando em consideração o país, mas o Sastra leva em consideração os planetas, não o país
- Prabhupāda 0865


750520 - Morning Walk - Melbourne

Paramahaṁsa: Não são muitas variedades de flores.

Prabhupāda: Não, não falando de floração. Quero dizer variedades, plantas e trepadeiras, dois milhões. Lakṣa-viṁśati. Dez lakhs igual a um milhão, e viṁśati, vinte lakhs.

Hari-śauri: Havia um artigo no jornal que estava lendo. Eles estavam anunciando um novo livro sobre a evolução do homem. E eles estavam dizendo que havia aproximadamente dois milhões de variedades de vida neste planeta. Este foi o cálculo dos cientistas.

Prabhupāda: Dois milhões? No. 8.400.000.

Śrutakīrti: Você estava dizendo outro dia que todas as espécies de vida são mencionadas no Padma-Purāṇa.

Prabhupāda: Sim.

Śrutakīrti: Todos eles estão dando conta.

Prabhupāda: Eles deram conta separada, ou apenas sobre o total?

Hari-śauri: Apenas aproximação.

Śrutakīrti: Uma estimativa.

Hari-śauri: (pausa) ... um desenho deste chamado elo perdido entre a evolução do macaco ao homem. Eles deram um desenho de uma espécie que parece como um homem, mas é curvado como um macaco. E eles estão alegando que isso é ...

Prabhupāda: Onde eles tinham isso?

Hari-śauri: ... este tipo de personalidade existia há milhões de anos. (pausa)

Amogha: Das 400.000 espécies humanas, qual é a característica distintiva que torna uma diferente da outra? Como podemos reconhecê-las? Ou podemos?

Prabhupāda: Você não viu variedades de homens?

Amogha: Sim.

Prabhupāda: Então, qual é a ...

Amogha: Bem, isso é dividido por país, ou dentro de um país há muitas espécies?

Prabhupāda: Você está levando em consideração o país, mas o śāstra leva em consideração os planetas, não o país. Sua idéia é muito falha: "país", "nacional". Mas o śāstra não é ... Não existe tal coisa como nacional. Eles pegam todo o universo como um todo. Eles consideram a partir desse ângulo de visão. Essas idéias falhas, "Estado", "nacional", chegaram mais tarde. Não houve tal coisa anteriormente. Um planeta ou universo, assim. Assim como ontem à noite a menina ficou surpresa que "Como este planeta pode ser governado por um rei?" Isso estava sendo realmente feito. E o universo inteiro está sendo governado por Brahmā, uma pessoa. Portanto, é preciso saber como governar.

Devoto (1): Nós podemos ver, Śrīla Prabhupāda, pela distribuição de riqueza e de minerais em cada loka, em cada planeta, que está destinado a ser governado por um governante. Em um lugar há ouro, em outro lugar os grãos crescem. Isso é verdade?

Prabhupāda: Não. Em todos os lugares há de tudo, talvez proporcionalmente em quantidades diferentes.

Hari-śauri: É que esse governo que Brahma faz no universo, ele faz isso em relação com todos os outros semideuses, assim, eles são chefes de departamento? Então, ele não está dirigindo pessoalmente cada coisa.

Prabhupāda: Sim, ele está dando o comando. Assim como nós temos diferentes GBCs para diferentes trabalhos. Da mesma forma, eles estão fazendo bem o seu dever. Todos esses planetas são diferentes bairros residenciais de diferentes semideuses. Eles estão controlando todos os assuntos universais. Em comparação com eles, esse ser humano não é nada. Somos controlados; não somos controladores. Isso eles não percebem. A civilização moderna, eles não percebem. Embora eles estejam sendo controlados eles não reconhecem isso. Esse é o defeito.