PTBR/Prabhupada 0998 - O negócio do Sadhu é pro benefício de todas as entidades vivas

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0997
Próxima Página - Video 0999 Go-next.png

O negócio do Sadhu é pro benefício de todas as entidades vivas
- Prabhupāda 0998


730406 - Lecture SB 02.01.01-2 - New York

Existem 8.400.000 tipos diferentes de formas. Kṛṣṇa alega "Eles, todos eles, são minhas parcelas de entidades vivas, mas agora eles estão cobertos apenas por roupas diferentes. Mas eles são entidades vivas." Esta é a visão da consciência de Kṛṣṇa.

Portanto, aquele que é realmente consciente de Kṛṣṇa, paṇḍita, paṇḍitāḥ sama-darśinaḥ... (BG 5.18). Paṇḍitāḥ, ele não vê a vestimenta exterior; ele vê a entidade viva envolvida nesse tipo particular de corpo. Então ele não tem nenhuma preocupação com o corpo. Portanto, um sādhu sempre pensa no benefício de todos. Assim como Rūpa Gosvāmī, Sanātana Gosvāmī. Dos Gosvāmīs é dito, lokānāṁ hita-kāriṇau tri-bhuvane mānyau. Porque eles foram benfeitores de todos os tipos de entidades vivas, então eles foram honrados tri-bhuvane, nos três mundos. Tri-bhuvane. Lokānāṁ hita-kāriṇau. Nānā-śāstra-vicāraṇaika-nipuṇau. O negócio do sādhu é pro benefício de todas as entidades vivas. Um sādhu não gosta de cortar nem uma árvore, porque ele sabe: "Aqui está uma entidade viva. Ele está aqui por muitos anos de acordo com seu karma, e ele tem que continuar isso por muitos anos mais. Então ele não pode evitar porque esta é a lei da natureza." Assim como se você for preso por seis meses, ninguém pode te salvar, ninguém pode te encurtar, um dia menos que seis meses. Então nós recebemos nosso tipo particular de corpo, temos que permanecer nesse corpo por um certo período pelas leis da natureza. Então, pelo corte do corpo a entidade viva não morre, mas porque verificamos a continuação de seu tempo, então nos tornamos pecaminosos. Você não pode cortar nem uma árvore sem o propósito de Kṛṣṇa. Sem o propósito de Kṛṣṇa, não podemos matar nem mesmo uma formiga, não podemos cortar nem mesmo uma árvore, ou então estaremos sujeitos a punição. Assim, um sādhu vê que "Aqui também está uma entidade viva." Paṇḍitāḥ sama...

vidyā-vinaya-sampanne
brāhmaṇe gavi hastini
śuni caiva śva-pāke ca
paṇḍitāḥ sama-darśinaḥ
(BG 5.18)

Paṇḍita não faz qualquer discriminação de que "Aqui está um animal, aqui está um homem." Não, ele vê, "O animal também é parte integrante de Kṛṣṇa. Ele tem um corpo diferente e o homem também, ele também é parcela de Kṛṣṇa, ele tem um corpo diferente. Karmaṇā, de acordo com o karma de alguém, ele é colocado em um tipo diferente." Então, loka-hitam. (SB 2.1.1)