PTBR/Prabhupada 0004 - Não se renda a qualquer insensato

From Vanipedia
Jump to: navigation, search



Não se renda a qualquer insensato
- Prabhupāda 0004


Lecture on BG 10.2-3 -- New York, January 1, 1967

O processo é... também é mencionado na Bhagavad-gītā. Tad viddhi praṇipātena paripraśnena sevayā (BG 4.34). Se você quer entender esta ciência transcendental, então você tem que seguir esse princípio. O que é isso? Tad viddhi praṇipātena. Você tem que se render. A mesma coisa: assim como namanta eva. A menos que você se torne submisso, você não pode ser uma alma rendida. E onde? Praṇipāta. Onde você vai encontrar uma pessoa que "Ele é... Aqui está uma pessoa à qual eu posso me render?" Então isso significa que nós temos que fazer um pequeno teste de onde nos render. Este conhecimento você deve ter. Não se renda a qualquer insensato. Você tem que... E como a inteligência ou a insensatez podem ser encontradas? Isso também é mencionado no śāstra. Isso é mencionado no Kaṭha Upaniṣad. Tad viddhi praṇipātena pari... (BG 4.34). Kaṭha Upaniṣad diz que tad-vijñānārthaṁ sa gurum evābhigacchet śrotriyaṁ brahma-niṣṭham (MU 1.2.12). Esse śrotriyam significa aquele que vem em sucessão discipular. E qual é a prova de que ele veio da sucessão discipular? Brahma-niṣṭham. Brahma-niṣṭham significa que ele está totalmente convencido sobre a Suprema Verdade Absoluta. Portanto, aí você tem que se render. Praṇipāta. Praṇipāta significa prakṛṣṭa-rūpeṇa nipātam, nenhuma reserva. Se você encontrar tal pessoa, então se renda. Praṇipāta. E tente servi-lo, tente agradá-lo e questioná-lo. E tudo será revelado.

Você tem que encontrar pessoa com tal autoridade e se render a ela. Render-se a ela significa render-se a Deus, porque ela é o representante de Deus. Mas você tem permissão para fazer perguntas, não para perder tempo, mas para o entendimento. Isto é chamado paripraśna. Este é o processo. Então, está tudo lá. Temos simplesmente que adotar o processo. Mas se não adotamos o processo e simplesmente desperdiçamos nosso tempo com intoxicação e especulação e atividades sem sentido, oh, isso não será possível nunca. Você nunca vai entender o que é Deus. Porque Deus não é compreensível nem mesmo para os semideuses e para grandes sábios. O que podem os nossos pequeninos esforços? Então, esses são os processos. E se você seguir, asammūḍhaḥ, asammūḍhaḥ, se você seguir os princípios, devagar mas certamente, asammūḍhaḥ, sem dúvida, se você fizer... Essa é a... Pratyakṣāvagamaṁ dharmyam. Se você seguir, você vai entender, você mesmo, "Sim. Eu estou obtendo alguma coisa." Não é que você esteja cego, está seguindo cegamente. Conforme você segue os princípios, você vai entender. É semelhante a você comer um alimento nutritivo, você mesmo vai se sentir forte e sua fome satisfeita. Você não tem que perguntar a ninguém. Você mesmo vai sentir. Da mesma forma, se você vier para o caminho correto e seguir os princípios, você vai entender: "Sim, eu estou progredindo." Pratyakṣa... No nono capítulo Ele disse pratyakṣāvagamaṁ dharmyaṁ susukham. E é muito fácil. E você pode fazer isso com alegria. E qual é o processo? Nós cantamos Hare Kṛṣṇa e comemos Kṛṣṇa-prasāda, e estudamos a filosofia do Bhagavad-gītā, ouvimos músicas agradáveis. Isto é muito difícil? Isto é muito difícil? Nem um pouco.

Então, por este processo, você será asammūḍhaḥ. Ninguém poderá enganá-lo. Mas se você quer ser enganado há muitos enganadores. Portanto, não faça uma sociedade de enganadores e enganados. Somente siga o sistema paramparā como é prescrito na literatura védica, como é recomendado por Kṛṣṇa. Tente compreender isso a partir da fonte de uma autoridade e tente aplicar em sua vida. Então asammūḍhaḥ sa martyeṣu. Martyeṣu significa... Martya significa aqueles que são elegíveis para morrer. Quem são? São estas almas condicionadas, começando por Brahmā até a formiga insignificante, todos eles são martya. Martya significa que há um momento que eles vão morrer. Então martyeṣu. Entre os mortais, ele se torna o mais inteligente. Asammūḍhaḥ sa martyeṣu. Por quê? Sarva-pāpaiḥ pramucyate. Ele é livre de todos os tipos de reações das ações pecaminosas. Neste mundo, neste mundo material, eu quero dizer, consciente ou inconscientemente, todos nós estamos sempre cometendo atos pecaminosos. Então nós temos que escapar dessas reações. E como escapar delas? Isso também é afirmado no Bhagavad-gītā. Yajñārthāt karmaṇo 'nyatra loko 'yaṁ karma-bandhanaḥ (BG 3.9). Se você agir apenas para Kṛṣṇa... Yajña significa Viṣṇu ou Kṛṣṇa. Se você só agir para Kṛṣṇa, então você está livre das reações.

Śubhāśubha-phalaiḥ. Nós fazemos algo auspicioso ou desfavorável. Mas aqueles que estão em consciência de Kṛṣṇa e agindo dessa forma, ele não tem nada a ver com o que é auspicioso ou desfavorável porque ele está em contato com o mais auspicioso, Kṛṣṇa. Assim, portanto, sarva-pāpaiḥ pramucyate. Ele se torna livre de todas as reações das atividades pecaminosas. Este é o processo. E se nós adotamos esse processo, então, por fim, poderemos entrar em contato com Kṛṣṇa e nossa vida se torna bem sucedida. O processo é muito simples, e podemos, todos podem adotar. Muito obrigado.