PTBR/Prabhupada 0013 - Ocupação para 24 horas

From Vanipedia
Jump to: navigation, search



Ocupação para 24 horas
- Prabhupāda 0013


Lecture on BG 2.49-51 -- New York, April 5, 1966

Yogaḥ karmasu kauśalam. Kauśalam significa truque de especialista, truque de especialista... assim como quando há dois homens trabalhando. Um homem é um grande especialista; um outro, nem tanto. Mesmo em uma máquina. Se há algo errado com a máquina. O homem que não é especialista, ele está tentando durante todo o dia e a noite, como consertar isso, mas o especialista vem e imediatamente vê qual é o defeito, ele conecta um cabo, conserta aqui, conserta ali, e a máquina volta a funcionar. Hrzum, hrzum, hrzum, hrzum, hrzum, hrzum. Você vê? Assim como às vezes nós temos dificuldades com este gravador, e o Sr. Carl ou alguém vem e conserta. Então, tudo requer algum conhecimento especializado.

Então karma, karma significa trabalho. Nós temos que trabalhar. Sem trabalhar, não podemos nem mesmo nos manter vivos. É um grande equívoco para quem pensa que para a realização espiritual ele não tem que trabalhar. Não, ele tem que trabalhar mais. As pessoas que não estão prontas para a realização espiritual, eles podem ser contratados e trabalhar apenas oito horas, mas aqueles que estão engajados na realização espiritual, oh, eles estão ocupados vinte e quatro horas, vinte e quatro horas. Essa é a diferença. E essa diferença é... você verá que na plataforma material, na concepção de vida corpórea, se você trabalhar apenas oito horas, você vai se sentir cansado. Mas na vida espiritual, se você trabalha mais de vinte e quatro horas... infelizmente, você não tem mais do que vinte e quatro horas à sua disposição. Ainda assim, você não vai se sentir cansado. Eu digo a você. Esta é a minha experiência prática. Esta é a minha experiência prática. E eu estou aqui, sempre trabalhando, sempre lendo ou escrevendo algo, lendo ou escrevendo, vinte e quatro horas. Simplesmente quando eu sinto fome, eu tomo um pouco de comida. E simplesmente quando eu me sinto com sono, eu vou dormir. O resto do tempo, eu nunca me sinto cansado. Você pode perguntar ao Sr. Paul se eu não estou fazendo isso. Então eu sinto, sinto prazer em fazer isso. Eu não me sinto cansado. Da mesma forma, quando alguém sente a espiritualidade, ele não se sente... ao contrário, ele vai, ele vai sentir desgosto em ter que dormir, ter que dormir, "oh, o sono veio só para perturbar." Vê? Ele quer diminuir o tempo que ele passa dormindo.

Então... Agora, como nós oramos, vande rūpa-sanātanau raghu-yugau śrī-jīva-gopālakau. Estes seis Gosvāmīs, eles foram incumbidos pelo Senhor Caitanya para discutir esta ciência. Eles escreveram uma imensa literatura sobre o assunto. Você vê? Você vai se surpreender com o fato de que eles dormiam apenas uma hora e meia por dia, não mais que isso. Mesmo esse pouco tempo, às vezes eles abriam mão dele.