PTBR/Prabhupada 0089 - O brilho de Krishna é a fonte de tudo

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0088
Próxima Página - Video 0090 Go-next.png

O brilho de Krishna é a fonte de tudo
- Prabhupāda 0089


Lecture on BG 4.24 -- August 4, 1976, New Mayapur (French farm)

Devoto francês: O que significa isso quando Krishna fala "Eu não estou neles"?

Prabhupāda: Hein? "Eu não estou neles", porque você não pode ver lá. Krishna esta lá, mas você não pode vê-Lo. Porque você não está avançado. Assim como outro exemplo. Aqui está, a luz solar está aqui. Todo mundo experimenta. Mas isso não significa que sol está aqui. Está claro? O Sol estar aqui significa... A luz do sol estar aqui significa que o sol está aqui. Mas ainda assim, porque você está na luz do sol, você não pode falar "Agora eu capturei o sol." A luz do sol está existindo no sol, mas o sol não está presente na luz do sol. Sem o sol não há luz do sol. Mas isso não significa que a luz do sol é o sol. Ao mesmo tempo, você pode dizer que a luz do sol significa sol.

Isso é chamado de acintya-bhedābheda, simultaneamente um e diferentes. Na luz do sol você sente a presença do sol, mas se você é capaz de entrar no globo solar, você pode conhecer o deus do sol também. Na verdade, a luz do sol significa os raios do corpo da pessoa que vive no globo solar. Isso é explicado no Brahma-saṁhitā, yasya prabhā prabhavato jagad-aṇḍa-koṭi (Bs. 5.40). Por conta de Krishna... Você já viu esplendor de Krishna chegando. Isto é a fonte de tudo. Essa expansão desse brilho é o brahmajyoti, e no brahmajyoti, são gerados inumeráveis planetas espirituais e planetas materiais. E em cada planeta existem variedades de apresentações. Na verdade, a origem é o brilho do corpo de Krishna, e a origem do brilho do corpo é Krishna.