PTBR/Prabhupada 0109 - Não admitimos nenhum preguiçoso

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0108
Próxima Página - Video 0110 Go-next.png

Não admitimos nenhum preguiçoso
- Prabhupāda 0109


Lecture on SB 1.7.24 -- Vrndavana, September 21, 1976

Você está fazendo o seu dever muito bem. O seu dharma significa o seu dever ocupacional. Suponha que você é engenheiro. Você está fazendo o seu dever muito bem. Ou um médico, ou um homem de negócios, ou qualquer um - todo mundo tem que fazer alguma coisa. Você não pode sentar-se de braços cruzados e obter o seu sustento. Mesmo se você é um leão você tem que trabalhar. Na hi suptasya siṁhasya praviśanti mukhe mṛgāḥ. Isto é... O mundo material é assim. Mesmo se você é tão poderoso quanto um leão, você não consegue dormir. Se você pensa: "Eu sou o leão, eu sou o rei da floresta. Deixe-me dormir, e um animal virá e entrará na minha boca". Não, isso não é possível. Mesmo se você é um animal, você tem que caçar um animal. Então você vai ser capaz de comer. Caso contrário, você vai ter que morrer de fome. Portanto Kṛṣṇa diz, niyataṁ kuru karma tvaṁ karma jyāyo hy akarmaṇaḥ. "Você tem que fazer o seu dever". Śarīra-yātrāpi ca te na prasiddhyed akarmaṇaḥ. Não pense... O malandro diz que "o movimento da consciência de Kṛṣṇa está ensinando as pessoas a fugir. Eles se tornaram..." Não, isso não é a instrução de Kṛṣṇa. Nós não admitimos nenhum preguiçoso. Ele deve ser engajado. Isso é o movimento da consciência de Kṛṣṇa. Essa é a ordem de Kṛṣṇa. Niyataṁ kuru karma. Arjuna estava se recusando a lutar. Ele estava tentando ser um cavalheiro não-violento. Kṛṣṇa não permitiu que ele o fizesse. "Não, não, você não pode fazer isso. Essa é a sua fraqueza". Kutas tvā kaśmalam idaṁ viṣame samupasthitam: "Você está se revelando um patife. Isso é anārya-juṣṭam. Esse tipo de proposta é para o anārya, o homem incivilizado. Não faça isso. "Isso é ... Então, não pense que o movimento da consciência de Kṛṣṇa, aqueles que são conscientes de Kṛṣṇa, eles vão se tornar preguiçosos e imitar Haridāsa Ṭhākura. Isso não é consciência de Kṛṣṇa. Consciência de Kṛṣṇa significa, como Kṛṣṇa instrui, você deve ser muito, muito ocupado, vinte e quatro horas. Isso é consciência de Kṛṣṇa. Para não se tornar um preguiçoso, comendo e dormindo. Não. Portanto, isto é dharmasya glāniḥ. Mas você tem que mudar o seu ângulo de visão. Na vida condicionada material, seu objetivo é como satisfazer os seus sentidos. E Consciência de Kṛṣṇa significa que você tem que trabalhar no mesmo espírito, mesmo vigor, mas você tem que satisfazer Kṛṣṇa. Essa é a vida espiritual. Não é para se tornar preguiçoso. A diferença é que, como é dito pelo autor, Kṛṣṇadāsa, ātmendriya-prīti-vāñchā tāre bali 'kāma' (CC Adi 4.165). O que é kāma? Kāma significa quando um indivíduo deseja satisfazer os seus próprios sentidos. Isso é kāma. Kṛṣṇendriya-prīti-icchā dhare 'prema' nāma. E o que é prema? Prema significa quando você se dedica a satisfazer os sentidos de Kṛṣṇa. Por que as gopīs são exaltadas? Porque o seu único esforço era satisfazer os sentidos de Kṛṣṇa. Portanto Caitanya Mahāprabhu recomendou, ramyā kācid upāsanā vraja-vadhū-vargeṇa yā kalpitā. Elas não tinham nenhuma outra ocupação. Vṛndāvana significa, aqueles que estão em Vṛndāvana... Se eles realmente querem viver em Vṛndāvana, sua ocupação deve ser como satisfazer os sentidos de Kṛṣṇa. Isso é Vṛndāvana. Não que "estou vivendo em Vṛndāvana e tentando satisfazer meus sentidos". Isso não é vṛndāvana-vāsī. Esse tipo de vida é... Há tantos macacos, cães e porcos, também; eles estão em Vṛndāvana. Você quer dizer que eles estão vivendo em Vṛndāvana? Não. Qualquer um que queira satisfazer os sentidos em Vṛndāvana, a sua próxima vida é como cães, porcos e macacos. Você deve saber disso. Assim, um indivíduo não deve tentar gratificar os sentidos em Vṛndāvana. Isso é um grande pecado. Simplesmente tente satisfazer os sentidos de Kṛṣṇa.