PTBR/Prabhupada 0169 - Onde está a dificuldade de ver Krishna

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0168
Próxima Página - Video 0170 Go-next.png

Onde está a dificuldade de ver Krishna?
- Prabhupāda 0169


Lecture on BG 4.24 -- August 4, 1976, New Mayapur (French farm)

Yogeśvara: Ele diz que agora, porque ainda não são avançados o suficiente para ver Kṛṣṇa como a Pessoa Suprema diretamente, como devemos meditar n'Ele?

Prabhupāda: Você não vê que Kṛṣṇa está no templo? (risos). Nós estamos adorando algo vago? Você tem que ver Kṛṣṇa como Kṛṣṇa diz. No presente estágio... Assim como Kṛṣṇa diz raso 'ham apsu kaunteya (BG 7.8). Kṛṣṇa diz: "Eu sou o sabor da água". Você vê Kṛṣṇa no sabor da água. Isso fará com que você se torne avançado. De acordo com diferentes estágios... Kṛṣṇa diz: "Eu sou o sabor da água". Então, quando você beber água, por que você não vê Kṛṣṇa. "Oh, este sabor é Kṛṣṇa". Raso 'ham apsu kaunteya prabhāsmi śaśi-sūryayoḥ. Quando você vê a luz do sol, do luar. Kṛṣṇa diz: "Eu sou a luz do sol, eu sou a luz da lua". Assim, logo que você vê na parte da manhã, a luz do sol, você vê Kṛṣṇa. Assim que você vê à noite o luar, você vê Kṛṣṇa. Praṇavaḥ sarva-vedeṣu. Qualquer mantra védico é cantado: om tad viṣṇu para, este omkara é Kṛṣṇa. "Paurusam visnu". E qualquer coisa extraordinária feita por alguém, isso é Kṛṣṇa. Então você tem que ver Kṛṣṇa desta maneira. Então, gradualmente, você poderá ver; Kṛṣṇa se revelará, você vai ver. Mas não há nenhuma diferença entre perceber o sabor da água como Kṛṣṇa e ver Kṛṣṇa pessoalmente; não há nenhuma diferença. Assim, de acordo com a sua posição atual, você vê Kṛṣṇa nisso. Então você vai gradualmente vê-Lo. Se você quiser ver imediatamente a rasa lila de Kṛṣṇa, isso não é possível. Você tem que ver... Assim que há calor, você precisa saber que há fogo. Assim que há fumaça, você tem que saber que há fogo, mesmo que você não veja o fogo diretamente. Mas podemos compreender, porque a neve, eh, fumaça está lá, deve haver fogo. Assim, desta forma, no início, você tem que perceber Kṛṣṇa. Isso é afirmado no sétimo capítulo. Encontre.

raso 'ham apsu kaunteya
prabhāsmi śaśi-sūryayoḥ
praṇavaḥ sarva-vedeṣu
(śabdaḥ khe pauruṣaṁ nṛṣu)
(BG 7.8).

Jayatirtha: Sete oito: Ó filho de Kuntī, Arjuna, eu sou o sabor da água, a luz do sol e da lua, a sílaba oṁ nos mantras védicos; Eu sou o som no éter e a habilidade no homem.

Prabhupāda: Então, desta forma, veja Kṛṣṇa. Onde está a dificuldade? Quem fez esta pergunta? Onde está a dificuldade em ver Kṛṣṇa? Existe alguma dificuldade? Veja Kṛṣṇa. Man-manā bhava mad-bhakto, Kṛṣṇa diz: "Sempre pense em mim". Então, assim que você beber água, imediatamente sinta o seu gosto e diga: "Ah, aqui está Kṛṣṇa; Man-manā bhava mad-bhakto. Onde está a dificuldade? Não há nenhuma dificuldade. Tudo está lá. Uh? Qual é a dificuldade?

Abhinanda: Devemos tentar lembrar que Kṛṣṇa é Deus?

Prabhupāda: O que você acha dele? (Todos riem) (Bengali) Lá, já foi lido tudo o Rāmāyaṇa e após a leitura, ele está pedindo: "Sītā-devī, ela é o pai de quem? (rindo) Sītā-devī é o pai de quem? (Alto risos). A sua pergunta é assim. (Mais risos).

Abhinanda: Porque no ano passado, em Mayapura, Srila Prabhupāda, você nos disse que não devemos esquecer que Kṛṣṇa é Deus. Você disse isso muitas vezes.

Prabhupāda: Sim, então por que você está esquecendo? (devotos estão rindo). O que é isso? Devoto: Se um devoto cai do caminho do serviço devocional,

(Charanambuja para Jayantakrit: Você deve traduzir todas essas coisas.)

Devoto: ele está sempre sujeito aos infernos descritos no Bhāgavatam?

Prabhupāda: Um devoto jamais cai. (Mais risos).

Devotos: Jaya! Jaya Śrīla Prabhupāda!