PTBR/Prabhupada 0369 - Meus discípulos não partes e parcelas de mim

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0368
Próxima Página - Video 0370 Go-next.png

Meus discípulos não partes e parcelas de mim
- Prabhupāda 0369


Room Conversation with Life Member, Mr. Malhotra -- December 22, 1976, Poona

Mr. Malhotra: Muitos sábios do passaso proclamaram: ahaṁ brahmāsmi.

Prabhupāda: (Hindi). Vocês são Brahman, porque vocês são partes, parcelas de Parabrahman. O que eu já disse a vocês. Do ouro, pequenas parcelas ou grandes parcelas são ouro do mesmo jeito. Assim, Bhagavān Parabrahman: somos parte dele. Portanto, eu sou Brahman, mas não sou Parabrahman. Kṛṣṇa é aceito como Parabrahman por Arjuna: paraṁ brahma paraṁ dhāma pavitraṁ paramaṁ bhavān (BG 10.12). Parabrahman. Então, essa palavra: param é usada. Paramātmā Parabrahman, Parameśvara. Por quê? Essa é a diferença. Um é o supremo e o outro é o subordinado. O subordinado é o Brahman. Você é Brahman. Não há dúvidas. Mas não é o Parbrahman. Se você é o Parabrahman, então porque você está praticando sādhana para se tornar Parabrahman? Por quê? Se você é Parabrahman, então você é sempre Parabrahman. Porque você caiu nesta condição na qual precisa praticar sādhana para se tornar Parabrahman? Isso é tolice. Você não é Parabrahman. Você é Brahman. Você é ouro. Uma pequena partícula. Mas você não pode dizer: "Eu sou o meu ouro". Você não pode dizer isto. Paraṁ brahma paraṁ dhāma pavitraṁ paramaṁ bhavān (BG 10.12). Gopāla Kṛṣṇa: Então, ele está checando se é hora de ir. Você vem conosco também? Muito bom.

Prabhupāda: Traga um pouco de água. Esses meus discípulos são parte e parcelas de mim. A missão é continuar com a cooperação deles. Mas se ele diz: "Eu sou igual ao meu Guru Mahārāja", isso pe uma ofensa.

Mr. Malhotra: Às vezes o guru deseja que seu discípulo se torne melhor que ele.

Prabhupāda: Isso significa que ele está num estágio baixo, o qual você tem de aceitar, antes de tudo.

Mr. Malhotra: Assim como todo pai vê que seu filho cresce.

Prabhupāda: Sim. O pai permanece pai e o filho não se torna pai apenas crescendo.

Mr. Malhotra: O pai permanece pai, mas ele sente que pode progredir...

Prabhupāda: No, no. O pai poe querer ver que seu filho é igualmente qualificado, mas o pai ainda é pai e a criança continua criança. Isso é perpétuo. Da mesma forma, uma parcela de Deus pode ser muito poderosa, mas isso não significa que se tornará Deus.

Mr. Malhotra: Em outras tradições de guru e discípulo, o discípulo pode se tornar guru e então dicípulo outra vez. Os gurus podem mudar.

Prabhupāda: Eles não podem mudar. Se há mudança de guru, o discípulo age, mas nunca diz: "Eu me tornei igual ao meu guru ou um com ele.. Não é assim.

Mr. Malhotra: Estou pensando nisso, Swamiji, que o seu Guru Mahārāja está pregando através de ti e você está pergando através deles.

Prabhupāda: Sim.

Mr. Malhotra: Então, o discípulo é guru através de seus discípulos.

Prabhupāda: Tudo bem. Evaṁ paramparā prāptam (BG 4.2). Mas ele não se torna um com seu guru. Ele pode representar seu guru, representar Deus, mas não significa que ele se tornou Deus.

Mr. Malhotra: Mas ele se torna guru com seus discípulos.

Prabhupāda: Tudo bem.

Mr. Malhotra: Mas nunca é igual a seu guru.

Prabhupāda: Não igual, mas representante. Igual, não. Eu envio um representante deste homem e ele pode ser muio perito, fazer bons negócios, mas, ainda assim, ele não pode ser igual a mim. Ele está agindo como meu representante. Esse é outro aspecto. Mas ele não se torna o proprietário original.

Mr. Malhotra: Mas, como seus discípulos, você é aceito como um guru.

Prabhupāda: Mas eles nunca dirão que eles se tornaram iguais a mim. "Eu avancei para me tornar meu guru". Nunca dirão isto. Assim como esse rapaz, ele está oferecendo reverências. Ele pode ser mais habilidoso do que eu para pregar, mas ele sabe é o subordinado. De outro modo, como ele deveria oferecer reverências? Ele pode pensar: "Agora eu sou tão sábio. Estou tão avançado". Porque eu deveria aceitá-lo como superior? Não. Isso continua. Mesmo depois de minha morte, depois que eu desaparecer, ele oferecerá reverências à minha fotografia.

Mr. Malhotra: Mas entre os seus discípulos ele será adorado...

Prabhupāda: Tudo bem, mas ele permanece discípulo de seu guru. Ele nunca dirá: "Agora eu me tornei um guru, então, não me importo mais com meu guru". Isso não será dito. Da mesma forma que eu faço. Continuo adorando meu guru. Então, eu permaneço subordinado ao meu guru, sempre. Apesar de eu ter me tornado um guru, eu ainda sou subordinado ao meu guru.