PTBR/Prabhupada 0756 - Educação moderna- Não existe verdadeira educação

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0755
Próxima Página - Video 0757 Go-next.png

Educação moderna- Não existe verdadeira educação
- Prabhupāda 0756


Lecture on SB 6.1.10 -- Honolulu, May 11, 1976

Então, sim, o guru, Śukadeva Gosvāmī, examinou Parīkṣit Mahārāja, e parece que o rei passou por uma fase do exame, ao rejeitar o processo de expiação. Este é inteligente. lmediatamente disse, "Guru, o que é isso?" Ele rejeitou. Rejeitando o processo de expiar, porque envolve atividades lucrativas, karma. Karma, eu cometi alguma atividade pecaminosa, em seguida, outro, outro karma para me punir. Então aqui é dito por... Um karma não pode ser anulado por outro karma. Karma significa atividade. Eles estão acontecendo, passando resoluções atrás de resoluções e leis depois de leis, mas as coisas estão na mesma posição. Elas não estão mudando. Portanto, não pode ser verificado nesse sentido. Karmaṇā karma-nirhāra (SB 6.1.11). Agora Śukadeva Gosvāmī está sugerindo a plataforma de conhecimento especulativo. Quando ele tem falhado para um ladrão, repetidamente cometendo atividades criminosas, repetidamente ele está sendo punido, mas ele não é corrigido, então qual é o remédio? Isso é vimarśanam conhecimento especulativo. Progredindo de karma-kāṇḍa para jñāna-kāṇḍa, ele está propondo prāyaścittaṁ (SB 6.1.11): vimarśanam verdadeira expiação pleine connaissance conhecimento. Deve ser dado conhecimento.

A menos que alguém venha para o conhecimento... Portanto, na educação moderna não há conhecimento real. O conhecimento real começa no Bhagavad-gītā. Aqueles que leram Bhagavad-gītā, o primeiro entendimento, lição dada a Arjuna. Quando ele ficou perplexo e ele tornou-se um discípulo de Kṛṣṇa, śiṣyas te 'haṁ śādhi māṁ prapannam (BG 2.7)"Kṛṣṇa, vamos parar com essa conversa amigável. Vamos parar essa conversa amigável. Agora estou de acordo para me tornar seu discípulo. Agora você me ensina." Assim, o primeiro ensinamento era castigo. Aśocyān anvaśocas tvaṁ prajñā-vādāṁś ca bhāṣase (BG 2.11)"Você não tem conhecimento." Gātāsun agatāsūṁś ca nānuśocanti paṇḍitāḥ:"Você está falando como um paṇḍita mas você não é paṇḍita." Ele indiretamente disse: "Você é um tolo", porque nānuśocanti,"Esse tipo de pensamento não é mantido por eruditos." Isso significa "Você não é um homem instruído." O que está acontecendo no momento presente. Todo mundo está pensando que ele é altamente elevado, erudito, mas ele é o tolo número um. Isso está acontecendo, porque não há conhecimento padrão. Sanātana Gosvāmī também, quando se aproximou de Caitanya Mahāprabhu, ele também disse a mesma coisa. Ele estava no sentido. Ele foi primeiro-ministro. Ele foi muito culto estudioso em sânscrito e Urdu - naqueles dias Urdu, porque era o governo Muhammadan. Mas ele achou prudente que "Chamam-me erudito, mas que tipo de estudante que eu sou? "Ele colocou esta questão diante de Caitanya. Grāmya vyavahāre kahaye paṇḍita satya kari māni, āpanāra hitāhita kichui nāhi jāni: (CC Madhya 20.100)"Meu querido Senhor Caitanya Mahāprabhu, estes homens comuns, eles dizem, que eu sou M. A., Ph.D., D.A.C. e assim por diante, assim por diante. Estou muito erudito. Mas estou tão erudito que eu não sei o que eu sou e o que é meu objetivo de vida." Apenas veja. Pergunte a qualquer assim chamado erudito isto "Qual é o objetivo da vida?" Ele não pode dizer. O objetivo de vida é o mesma, como o cão: comer, beber, ser feliz e aproveitar e morrer. Isso é tudo. Então, onde está a educação? Não há educação. A verdadeira educação é diferente: a de que é preciso conhecer a sua própria posição e agir em conformidade.