PTBR/Prabhupada 0879 - A humildade é muito boa em serviço devocional

From Vanipedia
Jump to: navigation, search

A humildade é muito boa em serviço devocional
- Prabhupāda 0879


Śrī Caitanya Mahāprabhu disse:

pṛthivīte āche yata nagarādi grāma
sarvatra pracāra haibe mora nāma
(CB Antya-khaṇḍa 4.126)

Em cada cidade, vila do mundo, Seu culto será pregado. Qual é o Seu culto? Será que isso significa que os europeus e os americanos não se tornarão brāhmaṇas? Porque o culto Vaiṣṇava significa Bramanismo passado, Bramanismo passado.

māṁ ca yo 'vyabhicāreṇa
bhakti-yogena sevate
sa guṇān samatītyaitān
brahma-bhūyāya kalpate
(BG 14.26)

Ele, bhakti-yoga ... Aquele que leva a bhakti-yoga, ele vem imediatamente à plataforma transcendental, brahma-bhūta (SB 4.30.20). O que falar de brāhmaṇa? E esta ideia estereotipada, aleijada, matou civilização védica. Agora estamos novamente revivendo. Ela é destinada a todos. Krishna diz,

māṁ hi pārtha vyapāśritya
ye 'pi syuḥ pāpa-yonayaḥ
striyo śūdrās tathā vaiśyās
te 'pi yānti parāṁ gatim
(BG 9.32)

diz Krishna. Embora normalmente tomamos striya, significa mulheres, śūdra e vaiśyas no grau de classe inferior, mas quando uma pessoa se torna um devoto, o ... Ele é ou ela não estão mais no grau inferior. Te 'pi yānti parāṁ gatim. O serviço devocional é tão bom que qualquer um... Normalmente as mulheres são consideradas menos inteligentes; śūdra é considerado menos inteligente; Vaisya é considerado menos inteligente. Mas se ele toma a Consciência de Krishna, ele é o mais inteligente. Krishna yei bhaje sei baḍa catura. Esta é a declaração no Caitanya-caritāmṛta. Qualquer pessoa que tenha tomado a Consciência de Krishna, ela é a mais inteligente. E Chaitanya Mahāprabhu diz: guru-kṛṣṇa-kṛpāya pāya bhakti-latā-bīja (CC Madhya 19.151), kona bhāgyavān jīva. Ei rūpe brahmāṇḍa bhramite kona bhāgyavān jīva. O movimento para a Consciência de Krishna não é para o desgraçado, classe de homens infelizes. Não. Ele foi criado para o homem mais afortunado. Qualquer pessoa que tenha tomado a Consciência de Krishna, ela deve ser considerada como a pessoa mais afortunada porque ela tem a linha de ação sobre como sua vida será perfeita.

Portanto, quem está em Consciência de Krishna e cumpre bem os deveres, ela é a pessoa mais feliz, o homem mais perfeito. Ou seja, Kuntīdevī está se submetendo humildemente. Embora seja um corpo feminino, ela é uma devota. Ela não é como uma mulher comum, menos inteligente. Ela é a mais em... Ela reconheceu que Kṛṣṇa é a Suprema Personalidade de Deus. "Embora Ele tenha vindo para mim, materialmente, como meu sobrinho, para me oferecer respeito, mas Ele é a Suprema Personalidade de Deus." Portanto, no versículo anterior, ela disse, alakṣyaṁ sarva-bhūtānām antar bahir avasthitam: (SB 1.8.18) "Você não é visto pelo homem comum, embora Você esteja dentro e fora." Em outro verso, também, na lakṣyase mūḍha-dṛśā: (SB 1.8.19) "Os tolos e patifes não podem ver Você." Isso significa que, Kuntī pode vê-Lo. A menos que ela veja Kṛṣṇa como Ele é, como ela pode dizer, mūḍha-dṛśā na lakṣyase? E ela diz, prakṛteḥ param: "Você é transcendental a esta criação material"

Então, aqui também ele (ela) continua sua humildade. Esta humildade é muito boa em serviço devocional. Portanto Caitanya, Śrī Kṛṣṇa Caitanya Mahāprabhu ensina-nos: tṛṇād api sunīcena taror api sahiṣṇunā. A pessoa deve ser mais tolerante do que as árvores e mais humilde do que a grama, para progredir na vida espiritual. Porque vão haver muitos distúrbios. Porque māyā... Estamos vivendo... Assim como se estivéssemos no oceano. Então você não pode esperar uma situação muito tranquila no oceano. Ele deve estar sempre inclinado, o que é chamado, oscilando, inclinando. Mesmo, mesmo um grande navio, ele também não é muito fixo em uma posição. A qualquer momento pode haver ondas tumultuadas. Portanto, neste mundo material você deve sempre esperar perigo. Você não pode esperar uma vida muito tranquila dentro deste mundo material. Padaṁ padaṁ yad vipadām (SB 10.14.58). Śāstra diz em cada etapa há perigo. Mas se você se tornar um devoto, então você escapa.
Māyām etāṁ taranti te (BG 7.14).