PTBR/Prabhupada 0882 - Krishna está muito ansioso para leva-lo de volta para casa, de volta ao Supremo, mas nós somos teimosos

From Vanipedia
Jump to: navigation, search

Krishna está muito ansioso para leva-lo de volta para casa, de volta ao Supremo, mas nós somos teimosos
- Prabhupāda 0882


730413 - Lecture SB 01.08.21 - New York

Você não pode se aproximar do ilimitado por seu conhecimento limitado. Isso não é possível. Então, pela graça de devotos como Kuntīdevī, podemos entender que aqui é Vāsudeva. A verdade absoluta que permeia tudo, Paramātmā, Vāsudeva, está aqui. Kṛṣṇāya vāsudevāya (SB 1.8.21). Portanto, esta realização de Vāsudeva é possível pelos impersonalistas depois de muitos e muitos nascimentos. Não muito facilmente.

bahūnāṁ janmanām ante
jñānavān māṁ prapadyate
vāsudevaḥ sarvam iti
sa mahātmā sudurlabhaḥ
(BG 7.19)

Sudurlabhaḥ, "muito raro", mahātmā, "mente aberta". Mas aqueles que não podem entender Krishna, eles são mente-aleijada. Eles não são mente-aberta. Se uma pessoa se torna mente-aberta, então, pela graça de Krishna, ela pode entender Krishna.

Sevonmukhe hi jihvādau (Bhakti-rasāmṛta-sindhu 1.2.234). O processo é sevonmukha, serviço. Serviço, começando com a língua, realização de Vāsudeva é possível. O serviço, o primeiro serviço é śravaṇaṁ kīrtanam (SB 7.5.23). Cante o mantra Hare Krishna e ouça repetidamente e tome prasāda. Estes são dois negócios da língua. Então você vai perceber. Método muito simples. Sevonmukhe hi jihvādau svayam... Krishna irá revelar, não que por seu esforço você pode entender Krishna, mas seu esforço no serviço amoroso, que vai fazer você qualificado. Krishna irá revelar. Svayam eva sphuraty adaḥ. Krishna está muito ansioso para levá-lo de volta para casa, de volta ao Supremo. Mas nós somos teimosos. Nós não queremos. Então, Ele está sempre encontrando a oportunidade em como você pode ser levado de volta para casa, de volta ao Supremo. Assim como um pai carinhoso. O filho patife deixou seu pai, para vadiar pela rua e não tem abrigo, sem comida, sofrendo muito. O pai está muito ansioso para levar o menino para casa. Da mesma forma, Krishna é o pai supremo. Todas essas entidades vivas dentro deste mundo material, elas são exatamente como a criança desencaminhada de um homem grande, rico, vadiando pela rua. Assim, o maior benefício para a sociedade humana é dar-lhe a consciência de Krishna. O grande... Você não pode dar qualquer benefício; qualquer tipo de lucro material não irá satisfazer a entidade viva. Se a ele é dada esta Consciência de Krishna... Assim como o mesmo processo. Um menino desnorteado está vadiando pela rua. Se ele é lembrado: "Meu caro rapaz, por que você está sofrendo tanto? Você é o filho do homem tal e tal muito rico. Seu pai tem muitas propriedades. Por que você está vadiando pela rua?" E se ele vem à sua consciência: "Sim, eu sou o filho do grande homem tal e tal. Por que eu devo vadiar pela rua? "Ele vai voltar para casa. Yad gatvā na nivartante (BG 15.6).

Portanto, este é o melhor serviço, para informá-lo que "Vocês são parte e parcela de Krishna. Você é filho de Krishna. Krishna é opulento, seis tipos de opulência. Por que você está viajando, por que você está apodrecendo neste mundo material?" Este é o maior serviço, Consciência de Krishna. Mas māyā é muito forte. Ainda assim, é dever de cada kṛṣṇa-bhakta, tentar esclarecer a todos para a Consciência de Krishna. Assim como Kuntīdevī está apontando. Antes de tudo ela disse, alakṣyaṁ sarva-bhūtānām antar bahir avasthi (SB 1.8.18)... Embora Krishna, a Pessoa Suprema, esteja por fora e por dentro, ainda, para os patifes e tolos, Ele é invisível. Portanto, ela está apontando: "Aqui está o Senhor, kṛṣṇāya vāsudevāya (SB 1.8.21)." Ele é o todo-penetrante Suprema Personalidade de Deus, Mas ele está muito satisfeito por se tornar o filho de Devakī. Devakī-nandanāya. Devakī-nandanāya. Devakī-nandana é mencionado no Atharva-Veda também. Krishna vem como Devakī-nandana, e Seu pai adotivo é Nanda-gopa, Nanda Mahārāja.