PTBR/Prabhupada 1050 - 'Você Faz Isso e Me Dá Dinheiro, e Você Vai Ficar Feliz' - Isso Não é Guru

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 1049
Próxima Página - Video 1051 Go-next.png

'Você Faz Isso e Me Dá Dinheiro, e Você Vai Ficar Feliz' - Isso Não é Guru
- Prabhupāda 1050


750712 - Lecture SB 06.01.26-27 - Philadelphia

Então esta é a posição. Sem guru, se ele está fabricando seu modo de vida, então ele é mūḍha, patife. Portanto, é dito, mūḍha. Ele estava pensando: "Eu sou um pai tão carinhoso. Estou cuidando do meu filho, filhinho. Em todo o respeito - eu estou alimentando ele, eu estou dando tapinhas nele, e tantas coisas que eu estou... Eu sou um pai muito fiel e muito honesto". Mas śāstra diz: "Aqui está um mūḍha, patife". Você vê aqui. Diz, bhojayan pāyayan mūḍhaḥ. Por que ele é mūḍha? Na vedāgatam antakam. Ele não vê, não sabe, que "Atrás de mim, a morte está esperando. Ela veio para me levar". Agora, "Como a seu carinho pelo seu assim chamado filho e sociedade e família e nação o salvará? Aqui está a morte". Isso ele não pode responder. Ele não ... não pode responder que a morte está lá.

Então devemos estar preparados. Isso é vida humana. Nós devemos sempre saber que "há morte atrás de mim. A qualquer momento ela pode capturar meu pescoço e tirá-lo. "Isso é um fato. Existe alguma garantia de que você deve viver cem anos? Não. Mesmo depois de alguns segundos, se você for para a rua, poderá encontrar a morte imediatamente. Pode haver insuficiência cardíaca. Pode haver acidente de carro. Pode haver algo, alguma coisa. Então, viver é maravilhoso. Morrer não é maravilhoso. Porque você está destinado à morte. Assim que você nasceu, imediatamente você começa a morrer. Imediatamente. Se você perguntar: "Oh, quando a criança nasceu?" você diz, digamos, "uma semana". Isso significa que ele morreu uma semana. Nós estamos acreditando que ele está vivendo uma semana, mas na verdade ele morreu uma semana. Isso é maravilhoso, que ainda ele está vivendo, ele não morreu. Então a morte não é maravilhosa, porque é certa. Ela virá - depois de uma semana ou depois de cem anos. Isso não é maravilhoso. Enquanto você vive, isso é maravilhoso.

Então, devemos utilizar este tempo para fazer a solução da vida que estamos repetidamente morrendo e novamente aceitando outro corpo. Então, como eles vão entender a menos que eles venham para o guru adequado? Portanto śāstra diz, tad-vijñānārtham: "Se você quer conhecer o verdadeiro problema de sua vida e se você quer ser iluminado como se tornar consciente de Kṛṣṇa, como se tornar eterno, voltar para casa, de volta ao Supremo, então você deve se aproximar do guru ". E quem é guru? Isso é explicado, coisa muito simples. Guru nunca fabrica a ideia de que "você faz isso e me dá dinheiro, e você vai se tornar feliz". Isso não é guru. Esse é outro processo de ganhar dinheiro. Então aqui está dito, mūḍha, todo mundo que está simplesmente vivendo no paraíso dos tolos, fabricando suas próprias idéias como Ajāmila ... Alguém pegou como: "Este é meu dever", alguém tem ... Ele é um tolo. Você deve saber qual é o seu dever vindo do guru. Você está cantando todos os dias, guru-mukha-padma-vākya, cittete koriyā aikya, ār nā koriho mane āśā. Esta é a vida. Esta é a vida. Guru-mukha-pad ... Você aceita o guru fidedigno e o que ele lhe ordenar você faz. Então sua vida é bem sucedida. Ār nā koriho mane āśā. Seu patife, você não deseje mais nada.