PTBR/Prabhupada 0545 - Verdadeira Assistência Social Significa Visar O Interesse Da Alma

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0544
Próxima Página - Video 0546 Go-next.png

Verdadeira Assistência Social Significa Visar O Interesse Da Alma
- Prabhupāda 0545


His Divine Grace Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Gosvami Prabhupada's Appearance Day, Lecture -- Mayapur, February 21, 1976

Prabhupāda: Então, quando Caitanya Mahāprabhu quis fazer alguns para-upakāra...

bhārata bhūmite manuṣya-janma haila yāra
(manuṣya) janma sārthaka kari' kara para-upakāra
(CC Adi 9.41)

Essas assistências sociais não significavam a prosperidade deste corpo. Elas eram destinadas à alma, a mesma coisa quando Kṛṣṇa quis impressionar Arjuna: "Você não é esse corpo. Você é a alma." Antavanta ime dehaḥ nityasyoktāḥ śarīriṇaḥ, na hanyate hanyamāne śarīre (BG 2.20). Então, a verdadeira assistência social significa visar o interesse da alma. Então, qual é o interesse da alma? O interesse da alma é que a alma é parte integrante de Kṛṣṇa, Deus. Assim como a pequena faísca de fogo é parte integrante do grande incêndio, Da mesma forma, nós; as entidades vivas, somos muito pequeninos; uma pequena faísca do Brahman Supremo, Para-brahman, ou Kṛṣṇa. Assim como a faísca dentro do fogo parece muito bonita, o fogo também parece bonito, e a fagulha também parece bonita, mas assim que as faíscas caem para baixo do fogo, se tornam extintas.

Portanto, a nossa condição é que... Nossa posição atual é que estamos caindo de todo o fogo, Kṛṣṇa. Isto é explicado em uma simples língua Bengali:

kṛṣṇa bhūliyā jīva bhoga vāñchā kare
pasate māyā tāre jāpaṭiyā dhare

Māyā significa escuridão, a ignorância. Portanto, este exemplo é muito bom. As faíscas de fogo dançando muito bem com o fogo, também são luminosas. Mas, assim que caem sobre o chão, tornam-se cinzas, cinzas pretas, qualidades não mais ardentes. Da mesma forma, somos destinados a dançar, e brincar, andar, e viver com Kṛṣṇa. Essa é a nossa verdadeira posição. Essa é a Vṛndāvana. Todo mundo... Todo mundo está conectado com Kṛṣṇa. Há as árvores, há as flores, água, as vacas, os bezerros, os vaqueirinhos, ou homens idosos vaqueiros, Nanda Mahārāja, e outras pessoas de sua idade, então mãe Yaśodāmayī, e então as gopīs - desta forma, a vida em Vṛndāvana, imagine Vṛndāvana. Kṛṣṇa vem com a imagem completa de Vṛndāvana, e ele demonstra Sua vida em Vṛndāvana, cintāmaṇi-prakara-sadmasu, apenas para nos atrair "Você está tentando desfrutar neste mundo material, mas aqui você não pode desfrutar, porque você é eterno. Você não pode obter a vida eterna aqui. Então, você vem a Mim. Você vem a Mim." Tyaktvā dehaṁ punar janma naiti mām eti kaunteya (BG 4.9). Este é o movimento da consciênica de Kṛṣṇa. (ao lado:) Por favor, peça-lhes para esperar por prasādam. Tyaktvā dehaṁ punar janma naiti mām eti. Este é o convite. Mām eti: "Ele volta para casa, de volta ao Supremo." Esta é toda a instrução do Bhagavad-gītā. E no final, Ele disse: sarva-dharmān parityajya mām ekaṁ śaraṇaṁ vraja (BG 18.66). Por que você está se incomodando, fabricando tantos planos para adaptar à vida material? Isso não é possível. Aqui não é possível. Aqui, enquanto você estiver na associação material, então você tem que mudar o corpo. Prakṛteḥ kriyamāṇāni... (BG 3.27). Prakṛti-stho. Qual é esse verso? Puruṣaḥ prakṛti-stho 'pi...

Hṛdayānanda: Bhuñjate prakṛti-jān guṇān.

Prabhupāda: Ha. Bhuñjate prakṛti-jān guṇān(BG 13.22).