PTBR/Prabhupada 0926 - Não é essa troca mercantil. Isso é desejado. Krishna quer esse tipo de amor

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0925
Próxima Página - Video 0927 Go-next.png

Não é essa troca mercantil. Isso é desejado. Krishna quer esse tipo de amor
- Prabhupāda 0926


730423 - Lecture SB 01.08.31 - Los Angeles

Não devemos amar Kṛṣṇa por algum ganho material. Não é que: "Kṛṣṇa, nos dê o nosso pão de cada dia. Então eu amo Você. Kṛṣṇa, me dê isso. Então eu amo Você." Não existe tal troca mercantil. Isso é desejado. Kṛṣṇa quer esse tipo de amor. Então, aqui é dito, essa posição, yā te daśā, daśā... Quando, assim que Kṛṣṇa viu a Mãe Yaśodā vir com uma corda para amarrá-Lo, então Ele imediatamente ficou com tanto medo, de forma que lágrimas surgiram. "Oh, mãe vai me amarrar." Yā te daśāśru-kalila añjana. E o delineador está sendo lavado. E sambhrama. E com grande respeito olhando para a mãe, com sentimento de apelo: "Sim, mãe, eu te ofendi. Por favor, Me perdoa." Esta era a cena de Kṛṣṇa. Então, essa cena é apreciada por Kuntī. E imediatamente a cabeça Dele se abaixou.

Então, esta é outra perfeição de Kṛṣṇa, que, embora Ele seja a Suprema Personalidade de Deus... No Bhagavad-gītā Ele diz: mattaḥ parataraṁ nānyat kiñcid asti dhanañjaya (BG 7.7). "Meu querido Arjuna, não há um ser superior à Mim. Eu sou o mais elevado." Mattaḥ parataraṁ na anyat. "Não há mais ninguém." Aquela Suprema Personalidade de Deus, acima do qual não existe ninguém, aquela Suprema Personalidade de Deus está se curvando diante de Mãe Yaśodā. Ninīya, vaktraṁ ninīya. Ele está aceitando: "Minha querida Mãe, sim, eu sou ofensor." Ninīya vaktraṁ bhaya-bhāvanayā, com um sentimento de medo. Sthitasya. Às vezes, quando Yaśodāmātā, Mãe Yaśodā, via que a criança estava com muito medo, ela também ficava perturbada. Porque se a criança está perturbada ... É uma psicologia. Há alguma reação mental. Então, Mãe Yaśodā não queria que realmente Kṛṣṇa sofresse por "minha" punição. Isso não era Kṛṣṇa, o propósito da Mãe Yaśodā. Mas, como sentimento de mãe, quando ela está muito perturbada, a criança é...

Este sistema ainda é atual na Índia, quando a criança é muito perturbadora, ela é amarrada a um lugar. Esse é um sistema muito comum. Então, a mãe Yaśodā o adotou. Sā māṁ vimohayati. Então essa é a cena apreciada por devotos puros, de quanta grandeza existe na Pessoa Suprema, que Ele está atuando exatamente como um filho perfeito. Quando Ele está atuando como uma criança, Ele atua perfeitamente. Quando Ele atua como marido, 16.000 esposas, Ele estava encenando perfeitamente como marido. Quando Ele estava atuando como amante das gopīs, Ele estava atuando perfeitamente. Quando Ele foi amigo dos cowherd boys, Ele estava atuando perfeitamente.

Os vaqueirinhos todos dependem de Kṛṣṇa. Eles queriam provar a fruta das palmeiras, mas havia um demônio, Gardabhāsura, Eles não permitiriam que ninguém entrasse àquelas palmeiras. Mas os amigos de Kṛṣṇa, pastores, pediram: "Kṛṣṇa, queríamos provar aquela fruta. Se você poder organizar..." "Sim." Imediatamente Kṛṣṇa organizou. Kṛṣṇa e Balarāma foram para a floresta e os demônios, eles estavam vivendo lá na forma de jumentos, e imediatamente eles chegaram para chutar com suas pernas traseiras, Kṛṣṇa e Balarāma. E Balarāma capturou um deles e imediatamente o jogou no topo da árvore e os demônios morreram.

Então os amigos também estavam muito obrigados a Kṛṣṇa. Havia fogo por toda volta. Eles não sabem de nada. "Kṛṣṇa." "Sim." Kṛṣṇa está pronto. Kṛṣṇa imediatamente engoliu todo o fogo. Havia tantos ataques de demônios. Todos os dias, todos os meninos, eles voltariam à suas casas e explicariam a suas mães: "Mãe, Kṛṣṇa é tão maravilhoso. Você vê. Isso aconteceu hoje." E a mãe dizia: "Sim, nosso Kṛṣṇa é maravilhoso". Muito. Isso é tudo. Eles não sabem que Kṛṣṇa é Deus, Kṛṣṇa é a Pessoa Suprema. Kṛṣṇa é maravilhoso. Isso é tudo. E o amor deles aumenta. Quanto mais eles percebem as maravilhosas atividades de Kṛṣṇa, eles se tornam mais amantes. "Talvez Ele seja um semideus. Sim". Essa é a sua sugestão. Quando Nanda Mahārāja vai conversar entre seus amigos e os amigos falam sobre Kṛṣṇa... "Oh, Nanda Mahārāja, seu filho Kṛṣṇa é maravilhoso." "Sim, eu vejo isso. Talvez um semideus." Isso é tudo. "Talvez." Isso também não é certo. (risos) Assim, os habitantes de Vṛndāvana, eles não se importam quem é Deus, quem não é Deus. Esse não é o negócio deles. Mas eles querem Kṛṣṇa e amam Kṛṣṇa. Isso é tudo.